31 de janeiro de 2012

Quartos - Tendências de Cores 2012


PUB



Quarto-rosa
Tendências e nuances: a estilista de cores da Lukscolor diz que tons de rosa, violeta e terra terão destaque em 2012. O crema-rosa faz parte da colecção “Friendly”, que tem relação com corpo, mente e espírito, representados pelas cores claras.
Combinações: a cor mescla bem com pinceladas de diversas tonalidades. Na simulação, ficaria bem usar almofadas em tons pastel de azul, verde, amarelo e laranja.
Sensações: segundo o Feng Shui, a tonalidade remete ao amor e ao feminino, transmitindo paixão. Com branco, atrai harmonia e saúde.
Melhores ambientes: para o Feng Shui, é ideal para o quarto do bebé e na suite do casal, mas em moderação ou detalhes. Lisandra Maio usaria apenas em uma parede, para o morador não enjoar. O tom reflecte a personalidade de pessoas delicadas.
Quarto-amarelo
Tendências e nuances: a Suvinil traz cores que transportam o clima rústico para as paredes na linha “Essencial”. As cores de frutas resgatam tendências que já foram sucesso.
Combinações: vermelho e amarelo dão um toque mais quente ao cítrico da matiz; verde e azul “quebram” os tons quentes.
Sensações: o Feng Shui aponta o tom como estimulante do sucesso e de boas energias, ideal para quem precisam de mais vitalidade e saúde. Tons pastel podem ajudar a minimizar o impacto da cor, sem prejudicar as sensações que transmite.
Melhores ambientes: escritório, sala de estar, recepção e quartos são opções de ambientes, segundo o Feng Shui. A designer não aconselha o Mexerica na cozinha, principalmente para quem está de dieta, já que estimula o apetite. Ela sugere usar com cautela, como em um detalhe ou em uma parede. Combina com pessoas calmas e conservadoras.
Quarto-Blue
Tendências e nuances: matizes que, quando combinadas, remetem a um universo complexo, embora suave. Contrastes elaborados de cores e luzes que se mesclam sem perder a identidade. Traz as referências de algo que está sempre em movimento, se reinventando.
Combinações: tons quentes podem aumentar o potencial estético da cor. Os opostos também são válidos.
Sensações: a tonalidade é perfeita para estimular a área da criatividade e dos amigos no Feng Shui, pois lembra o metal. É indicado contrastar com o branco, trazendo mais equilíbrio ao ambiente.
Melhores ambientes: locais como home theater, bibliotecas, salas de jogos, segundo o Feng Shui. A designer recomenda o uso da cor no quarto dos filhos e nas casas de praia, por exemplo, lugares que precisam de serenidade.
Quarto-Pinhão
Tendências e nuances: segundo a Lukscolor, a coleção “Lost & Found” traz tons terrosos – relação entre o ser humano e suas raízes, segurança e família.
Combinações: é recomendado usar cores frias como verdes e azuis. O uso de vermelhos, uvas e rosados podem deixar o ambiente mais ousado ou tom sobre tom.
Sensações: para o Feng Shui, cores fortes como essa atraem óptimas vibrações, estimulando a harmonia e o apetite.
Melhores ambientes: salas e copas são ambientes indicados pelo Feng Shui e pela designer, já que tornam as pessoas mais activas. Quartos não são indicados pelo mesmo motivo. Pessoas ousadas podem se dar bem com o tom.
Quarto-Burgundy
Tendências e nuances: inspirada em visões, arte e manifestações de diferentes individualidades nas grandes metrópoles, exuberantes e minimalistas. O pós-moderno e o passado preservado se mesclam em composições harmónicas e intrigantes.
Combinações: versátil, fica agradável com diversas outras. A dica da designer é mesclar com prata, cinza e tons de azul e vermelho. Como cor escura exige cuidados na dosagem, deve-se usar em uma só parede ou em peças curingas, como o sofá.
Sensações: segundo o Feng Shui, a cor remete ao equilíbrio e atrai excelentes vibrações às áreas externas. Os tons de verde e marrom potencializam-na.
Melhores ambientes: para emoldurar áreas externas, sem conflitar com a natureza, o Feng Shui sugere o uso em muros, fachadas e varandas. A designer diz reforça a versatilidade também para os diversos ambientes, de quartos a lavabos. Combina com pessoas despojadas e nada tradicionais.

Quarto-Prateado
Tendências e nuances: faz parte do tema “Heróis Redescobertos”, que possui uma paleta inspirada nas qualidades práticas da herança industrial e estética masculina. Traz tons como azul índigo e de ferrugem, neutros fabris, nuances brilhantes e metálicas, somadas a tons de cinza de motores e de concreto.
Combinações: normalmente, usa-se essa cor como base em todas as paredes e depois complementa com toques especiais de tons mais fortes. Versátil, combina do amarelo ao azul.
Sensações: recomenda-se associá-la a outras cores, pois, sozinha, deixa o ambiente “frio”. Vai bem com verde, azul, violeta ou rosa claro. É indicada para ambientes pequenos e com pouca luz, pois elevam a energia do local, ampliando-os.
Melhores ambientes: é com suave, que pode ser usada em todos os ambientes sem restrições e combina com qualquer tipo de pessoa, da prática a mais requintada.
Quarto-Mata-Virgem
Tendências e nuances: na linha “i. Material”, o minimalismo da década de 1970 se apresenta num ciclo cromático. Os tons se contrastam, delimitados pelo cinza.
Combinações: o ideal é usar cores quentes para interromper o “frio” do Mata Virgem, compondo com tonalidades opostas. Se for sala de casa de praia, por exemplo, móveis brancos e almofadas com toques do mesmo verde um pouco mais escuro.
Sensações: de acordo com o Feng Shui, o Mata Virgem atrai bem-estar e equilíbrio, pois lembra árvores, que, por conta das raízes, transmitem força e sabedoria. Deixa o local tranquilo e acolhedor. Tons de azul-claro e branco podem potencializá-la.
Melhores ambientes: a designer de interiores recomenda usar em uma parede e nos detalhes. Combina com quem possui personalidade forte. Quartos de adolescentes e casas de praia, por exemplo, são perfeitos para recebê-la.
Quarto-Chá-Dançante
Tendências e nuances: considerada a cor de 2012, pertence à colecção “Meu Diário”, que reflecte a estética dos blogs e redes sociais. É equilibrada, quente e charmosa. Há toques de papel pardo e vários tons pastel alegres e maduros.
Combinações: com cores frias, como verdes e azuis, deixa o ambiente mais ousado. As similares e quentes garantem a harmonização.
Sensações: activa a comunicação e entrosamento nas pessoas, além de deixar o local aconchegante e elegante. Tons mais claros podem potencializar o uso.
Melhores ambientes: salas, copa, segundo Feng Shui, já que remetem à união e ao calor das pessoas. Como é forte, recomenda-se utilizar em uma parede, sendo complementada com acessórios na mesma tonalidade. Combina com pessoas ousadas e divertidas, segundo a designer.

Dicas do consultor de Feng Shui ,Sérgio Carillo e da designer de interiores Lisandra Maio.
Fonte:portal decoração
PARTILHAR:

PUB

0 comentários:

Enviar um comentário