4 de novembro de 2011

Tapetes na Decoração


PUB



Escolher tapetes para sua casa pode ser um desafio tão grande como decidir o mobiliário para um quarto ou escolher um sofá para a sala. De todos os itens para decoração de casa, os tapetes devem estar entre os últimos a serem comprados, pois, os tapetes são o arremate final do ambiente. Mostro-lhe uma pequena selecção e análise sucinta do uso de tapetes em salas e quartos. Os quatro primeiros ambientes escolhidos usam tapetes listrados, mas o objectivo deste varia:
Aqui o maior objectivo é alegrar o ambiente, tornando, junto com a cúpula do abajur, o sofá vermelho um objecto divertido ao invés de formal.

O tapete “estica” a sala, que parece mais comprida do que é na verdade. Além disso, suas cores também alegram e aquecem, trazendo também uma certa rusticidade ao ambiente, que seria muito mais clássico sem o tapete.

O tapete clareia, alegra, brinca com as listras do sofá e, principalmente, "conversa" com os bancos, criando um conjunto rústico que contrasta com a cor da parede, mais sofisticada.

Nesta foto o tapete também estica a sala, também dá um toque rústico, mas principalmente, com as listras escuras, cria uma profundidade de cor, que "anima" a neutralidade das cores usadas no ambiente.

Neste quarto o tapete felpudo faz um antagonismo ao “clima” frio do quarto, causado pelas linhas rectas e pela cor azul, fazendo com que o ambiente se torne mais acolhedor.

Neste ambiente o tapete acrescenta uma característica geométrica/gráfica ao espaço de uma maneira informal e brincalhona.

Nesta foto, todos estes elementos juntos, aquecem o ambiente.
PARTILHAR:

PUB

0 comentários:

Enviar um comentário