21 de setembro de 2011

Dicas para decorar com flores


PUB



Se alguma vez comprou uma boa revista de decoração, certamente reparou que todas as fotografias de interiores de casas têm uma coisa em comum: flores na decoração! A verdade é que, um arranjo floral num pequeno recipiente pode transformar imediatamente qualquer espaço, dando-lhe vida e cor. Saiba como fazer uma excelente decoração com flores.
Escolha da Flores
Podem ser naturais, artificiais, secas, em vidro, seda ou papel (origami), pois elas são um elemento decorativo que combinam com qualquer estilo, com qualquer ambiente, contribuindo para o visual final com as suas cores, texturas, disposição e fragrância. Embora todas flores exijam cuidados específicos, nomeadamente de limpeza, no caso das flores artificiais, e manutenção, no caso das flores frescas, a versatilidade de um arranjo floral é ilimitado.
Escolher o Recipiente
Embora não haja nada como uma tradicional jarra de vidro ou cristal para exibir um belo arranjo floral, actualmente, a decoração com flores torna-se mais criativa e inesperada. Qualquer recipiente de grandes dimensões serve para acomodar um bouquet de flores ou alguns pequenos vasos agrupados para dispor um ou dois botões em cada um. Existem um sem número de recipientes que podem ser utilizados não só para exibir as flores, mas também como peça decorativa: vasos coloridos e/ou com padrões; latas e regadores vintage; jarros em louça; chaleiras antigas; cestos em verga, vime ou bambu; garrafas de vinho ou de outras bebidas; copos e frascos de vidro de todos os tamanhos e cores; tigelas ou outros recipientes baixos que podem ser utilizados para colocar flores a flutuar. Por isso, adapte o recipiente a ser utilizado à decoração existente no espaço onde irá colocar as flores.
Em Cada Estação, Uma Flor
A decoração com flores torna-se mais fácil, económica e atrativa quando estas são escolhidas em consonância com a época do ano. Embora existam alguns tipos de flores que estão disponíveis o ano inteiro, há outras que não, por isso:
Na Primavera privilegie as tulipas e os narcisos, optando por uma paleta de cores em tons fortes ou em tons pastéis.
No Verão Os girassóis e as dálias são flores perfeitas para esta estação do ano, de preferência em tonalidades vibrantes, que podem ser complementadas por outros elementos naturais como conchas ou pedras.
No Outono, o destaque vai para as flores em tons quentes e aconchegantes como, por exemplo, os crisântemos ou girassóis vermelhos, que podem ser combinados com as coloridas folhas outonais.
No Inverno, o amarílis, as camélias e as poinsétias são típicas da estação e podem ser exibidas não só com enfeites de Natal, como também com elementos naturais da época, caso do azevinho e das pinhas.
Que Estilo de Flores?
A decoração com flores também pode ser feita tendo em conta o estilo decorativo que predomina no espaço ou que é mais apreciado por cada pessoa:
Estilo tradicional/clássico: flores de pétalas grandes e cheias – rosas, crisântemos, lírios, cravos, gladíolos ou antúrios, por exemplo – complementadas por gipsófila, folhagens verdes, solidago ou fruta seca, em vasos de vidro, cristal, prata, bronze ou porcelana.
Estilo contemporâneo: flores exóticas, vistosas e de poucos botões – jarros, strelitzia (ave do paraíso), antúrios, helicônias e orquídeas, com pouca ou nenhuma folhagem verde, para evidenciar exclusivamente a flor – devem ser exibidas em jarros de linhas simples de vidro, metal, aço inox ou pele.

Estilo rústico/country: 
Flores campestres e coloridas – gerberas, tulipas, margaridas, dálias, mil-folhas, rosas selvagens, scabiosas, entre outras – são exibidas, de forma charmosa, em recipientes como cestos, vasos de terracota, pequenos baldes, latas ou regadores.
Estilo romântico: flores suaves e fragrantes em tons pastéis – gardénias, rosas, peónias, frésias e alfazema – são casualmente dispostas em vasos de vidro, cristal ou prata.
VIA:eudecoro
PARTILHAR:

PUB

0 comentários:

Enviar um comentário