Exemplo para decorar apartamento pequeno


Este apartamento é um exemplo perfeito de como decorar um espaço pequeno. É acolhedor, luminoso e alegre. Com todas as paredes pintadas de branco, o apartamento fica parecendo maior. O branco como sabem amplia visualmente o espaço. Com alguns detalhes em cinza o interior torna-se mais habitável e interessante. Sala, cozinha, quarto e casa de banho. Veja algumas imagens com alguns detalhes interessantes.

Decorar Com Pedras

Na decoração não há limites. Existem várias maneiras de fazer o interior de sua casa ainda mais lindo. E a natureza pode dar-os vários itens que podemos usar. Aqui estão algumas ideias interessantes, mostrando como decorar com pedras e combiná-las com velas e flores. Pode ainda desfrutar dessas ideias, que tanto pode ser utilizadas em ambientes fechados como ao ar livre. Agora a inspiração é simplesmente sua.







Puff de Urso

Grandes os ursos de peluche não são novidade para ninguém. Grandes puffs também não. Certo! Mas houve alguém que teve uma ideia muito fixe, misturar esta dupla e o resultado foi único, como pode ver na foto!
Com quase 2,30 metros de comprimento e mais de 23 kg este verdadeiro urso grizzly é pura diversão para crianças e adultos.
O "pêlo" é extremamente macio e confortável e graças às costuras reforçadas feitas à mão, o enorme urso pode ser colocado em diversas posições. O menos fixe é que são precisos 599,95 dólares para ter um igual e ter uma sala grande para o urso habitar nela. Muito bonito para ter uma casa viva! Interessado? Aqui fica o Link.

Cozinhas modernas com ilha

Se sua cozinha é suficiente grande, então está na hora de ter cozinha com uma ilha! Com uma ilha em sua cozinha vai fazer um aproveitamento correcto de todo o espaço disponível de modo a satisfazer as suas necessidades. Uma cozinha com ilha é a solução ideal para mais espaço aberto onde se deseja beneficiar de um conjunto de características de design e ambiente. 
Veja aqui 15 cozinhas com ilha, das mais variadas cores e design, para ajudar a encontrar a mais apropriada.

Feng Shui em toda a casa

O Feng Shui é um termo de origem chinesa, cuja tradução literal é vento e água.
O Feng Shui é uma filosofia oriental milenar que estuda a forma como a energia circula e que nos indica métodos e técnicas para criar harmonia na nossa casa e na nossa vida. Feng significa vento, e shui significa água.
Também nos ajuda a saber aquilo que devemos evitar, e dá-nos dicas úteis para resolver problemas e melhorar o ambiente que nos rodeia. A energia de uma casa afecta o estado de espírito dos seus moradores; por exemplo, há pessoas que se sentem desmotivadas, sem objectivos, e não compreendem porquê.
Isto pode acontecer porque alguma coisa está a impedir a energia de circular em casa, o que provoca bloqueios energéticos. O simples gesto de utilizar aquele armário que mantemos fechado há algum tempo ajuda a energia a circular, e faz com que as pessoas se sintam muito melhor.No Feng Shui existem 2 tipos de energia: o Chi é a energia positiva e o Shar é a energia negativa. Para que os ambientes sejam saudáveis, é necessário que haja equilíbrio, que o Chi circule livremente.

SUGESTÕES BÁSICAS PARA TODAS AS DIVISÕES DA CASA
QUARTO - Ter cabeceira e duas mesas-de-cabeceira induz estabilidade, no sono e na relação. Objectos aos pares têm um efeito positivo e as velas aumentam a energia associada à paixão. desde que as apague antes de ir dormir. Um incêndio não é romântico.

SALA DE ESTAR E JANTAR - Deixe o chi retirando os móveis que estiverem em excesso. É bom ter aqui quadros coloridos, plantas e fotografias de amigos e familiares. O móvel da TV deve ser arrumado e não convém ter demasiados jornais e revistas porque absorvem chi. Plantas doentes devem ser substituídas. Os livros devem estar limpos.

CASA DE BANHO - É outra divisão que mete água e que é importante manter seca. A porta deve estar fechada e o tampo da sanita para baixo,para evitar que o chi fuja pela pia. Arranje torneiras que estejam a pingar e não tenha muitos produtos sobre a bancada, sobretudo se não os usa! As plantas ajudam a drenar a água. Pode optar pelas bambus, em número ímpar.

COZINHA - Como a muita água a circular, convém ter o cuidado de a manter sempre seca. Coloque plantas entre o fogão e o lava-loiça (no caso de estarem no mesmo balcão) para harmonizar o fogo e a água. Taças com fruta proporcionam um fluxo agradável de energia. As bancadas de trabalho deverão ter cantos arredondados para evitar o chi cortante. por falar nisso, nada de ter facas à vista.

HALL DE ENTRADA - convém que esteja bem iluminado. Afinal, esta é a sua porta de entrada e dos seus convidados. Entrar em grande é fintar a obscuridade da sua vida. Um espelho aqui é sempre favorável. Deve evitar: casacos pendurados, sapatos e correio por ler.

DESPENSA E ARRECADAÇÃO - Costumam ser compartimentos interiores e, por isso, tendem a estagnar energia. Mantenha-os arrumados. Deve saber tudo o que tem e livrar-se de toda a tralha.
Via Feng Shui - Sapo Mulher.

Quartos Juniores Nueva Linea

Numa casa que se quer viva o quarto dos mais jovens também deve ser mobilado com gosto. Há empresas que apostam e produzem móveis de quartos para jovens. A empresa espanhola Nueva Linea é uma delas. Fundada há mais de 75 anos tem-se especializado em móveis e acessórios para quartos juvenis. A sua aposta é sempre em alta qualidade e é neste sentido que espero ajudar você a encontrar alguma inspiração para o quarto do seu filho.Confira!




Referência: nuevalinea
Via: DigsDigs

Gravateiro

Muita gente é obrigada a usar diariamente o acessório de pescoço, a gravata. Mas também há aqueles que gostam! Pois gostando ou não, se você é daqueles que tem muitas gravatinhas, então vai bem fixe este prático equipamento. O "Gravateiro" da "Smartek USA" funciona com 4 pilhas e é facilmente preso no suporte de cabides de armários e closets através de dois parafusos. Depois de fixado, é só pendurar e organizar as gravatas nos mini-cabides plásticos e os cintos em 4 ganchos centrais. Através de dois botões você acende a luz e movimenta todo o equipamento, facilitando encontrar a gravata preferida. Não acha uma utilidade bem fixe? Custa 52 dólares no Amazon.

Cozinhas Modernas

Já vai longe o tempo em que a cozinha era unicamente o domínio da mãe ou dona da casa. Hoje a cozinha é um dos pontos centrais da casa. As casas são projectadas com isso em mente, cozinhas de sala de jantar de plano aberto e grandes. Hoje as cozinhas modernas permitem o armazenamento muito mais do que as cozinhas do passado. Há aspectos fundamentais a ter em conta como por exemplo o espaço.Para ser ter em casa uma cozinha moderna nada pode ser feito ao acaso. Numa cozinha tudo tem que funcionar para manter uma casa sempre viva, feliz e alegre! Tem aqui algumas ideias. Aprecie!

















Site: Euromobil Via:  Home Designing

Decoração Com Móveis Coloridos

E porque não, você decorar uma qualquer divisão da casa com móveis coloridos?
Está em alta a decoração de casas com móveis coloridos. Invista na decoração que chame atenção pela ousadia e personalidade. As cores fortes deixam o ambiente mais moderno e convidativo, dependendo da combinação certa de cada tonalidade. Muitas pessoas tem medo de colorir e dar mais vida ao ambiente, por isso daremos algumas sugestões de como decorar com muito estilo e sofisticação. Primeiramente temos de abandonar a ideia de que cores fortes cansam rápido. Isto pode acontecer se não for feito um planeamento e estudo das cores que serão utilizadas. Então, siga nossas dicas e garanta um ambiente harmónico e colorido.

Procure adicionar cores quentes aos sofás e almofadas, e mesclar com cores mais sóbrias em objectos de decoração.Para combinar com cores fortes, utilize também as cores complementares. Amarelo, azul e vermelho. Se preferir um ambiente mais clássico, opte por cores como amarelo, laranja ou lilás. Mas se ainda sim tiver receio de investir na decoração com móveis coloridos, sugerimos colorir as paredes com cores vibrantes, ou até mesmo um tapete colorido e adornos diferenciados. Fuja da decoração tradicional e adicione cor à sua casa com móveis coloridos.


Saiba Como Decorar Uma Sala

A sala é uma das mais frequentadas divisões da casa, ora para esticar as pernas no fim de um dia cansativo, ora para ver um bom filme num sábado ou domingo chuvoso, ou para oferecer um lanche aos amigos num domingo à tarde. Espaço multi-facetado, saiba prepará-lo a preceito para receber bem quem o visita!
PERSONALIZAR ESPAÇO
    » Uma das primeiras decisões a tomar quando se decora uma sala, ou outra qualquer divisão, é decidir os tons que vão dar personalidade a este espaço… e esta não tem de ser uma escolha difícil! Há quem diga para fugir das monótonas paredes brancas, mas a verdade é que esta, que é uma das cores mais simples, cria um efeito visual intenso e amplo, principalmente se também for aplicada nos sofás, móveis e outros elementos. O branco é óptima escolha e porque combina com tudo!
    » Se preferir outros tons, escolha cores versáteis – castanhos, beges, pretos – que podem facilmente ser alvos de um refresh de vez em quando e que ficam bem com quase todas as cores do arco-íris.
    » Antes de comprar meia dúzia de latas de tinta, pense se quer realmente pintar todas as paredes ou apenas uma? Quer destacar apenas o pilar da lareira? Pintar os rodapés e os contornos das janelas seria outra opção interessante, não acha? E se esquecesse as paredes e aplicasse cor ao tecto? Considere as várias opções possíveis antes de pegar no pincel!
    » Guarde as cores vivas – laranja, amarelo, azul forte ou fuschia – e cintilantes – prateados ou dourados – para os acessórios.
ESPAÇO
    » O aproveitamento de espaço é a mais valiosa lição de design de interiores que alguma vez pode aprender e deve ser aplicada em todas as divisões da casa. A sala é uma tela branca perfeita para aperfeiçoar esta técnica, começando pela disposição de todo o mobiliário num layout que favoreça, tanto os momentos passados a ver televisão, como aqueles passados em convívio!
    » Independentemente se tem uma sala vazia à sua disposição ou se vai redecorar a existente, comece por definir o ponto central do espaço, ou seja, a partir de que elemento vai organizar a mobília. Pode ser um pilar, janelas amplas, a lareira ou a porta de acesso ao terraço.
    » Se for um dos sortudos que tem uma sala de estar XL, temos uma palavra para si: ouse! Coloque o sofá na diagonal, integrando as restantes peças a partir daí; projecte uma verdadeira sala de família ou sala multiusos ao criar pequenos espaços distintos para os miúdos poderem brincar, um cantinho para a leitura ou para o seu marido poder trabalhar no portátil enquanto você vê o “Querido Mudei a Casa”!
    » Não é o fim do mundo se a sua sala for minúscula – tire o máximo partido desta “miniatura” ao colocar um espelho do chão ao tecto ou uma mesa de vidro, ambas criam a ilusão de uma sala mais ampla. Para um efeito espectacular (e contrariando a lógica) escolha uma peça XL para este espaço – pode ser uma mesa de centro, um candeeiro de pé ou armário – as atenções vão estar de tal maneira vidradas neste elemento que ninguém vai reparar na sua sala pequena!
    » Recantos recônditos podem ser aproveitados para embutir prateleiras (que nunca são demais!) ou para encaixar um móvel alto e estreito (pode comprar ou mandar fazer à medida para um look perfeito!) que poderá guardar copos ou garrafas e servir de bar quando tiver convidados.

MESAS; ESTANTES E MÓVEIS DE APOIO
Quando estiver às compras, à procura da mesa de centro, uma das peças chaves de qualquer sala, dê especial atenção às seguintes características:
Tamanho e Forma – nem muito grande, nem muito pequena, a mesa do centro tem de ser proporcional ao espaço que a vai acolher; se for longa não deve ser maior do que metade do comprimento do sofá, com uma largura de 75 cm no máximo; a mesa quadrada está muito na moda e a rectangular não fica nada atrás, sendo que ambas devem ter um espaço livre de 80-90 cm entre o restante mobiliário para permitir a fácil circulação das pessoas; se o espaço disponível for mais apertado, uma mesa redonda (com um diâmetro de cerca de 90 cm) é uma boa solução. Independentemente do modelo escolhido, as mesas não devem ser mais altas do que o assento do seu sofá, ou seja, cerca de 50 cm, para conseguir um efeito horizontal linear.
Material – apesar da madeira ser, em termos de resistência e durabilidade, a escolha acertada, a verdade é que uma mesa de centro pode ser de qualquer material, desde alumínio, cobre e acrílico, a metal, vidro ou até uma porta antiga aproveitada!
    * Quer inovar? Em vez de uma mesa de centro “normal”, coloque uma arca antiga ou moderna (vai ser também um excelente local para guardar jogos, mantas e outras bugigangas!), uma otomana ou prescinda dela por completo! As mesas empilháveis, que podem ficar ao lado do sofá e colocadas no centro sempre que forem precisas, são outra excelente opção para uma sala de estar.
    * O móvel para a televisão deve ser adquirido a pensar em todos os outros equipamentos hi-tech que lhe fazem companhia, para que este fique um verdadeiro e bem constituído media centre! A existência de algumas gavetas ou armários são ideais para arquivar os seus filmes e CDs preferidos. E não se esqueça: uns bons 2 ou 3 metros é a distância ideal entre esta mesa e o sofá.
    * Se tiver espaço, uma mesa de apoio ao sofá, para colocar livros e um candeeiro, ou uma mesa estreita por de trás do sofá para as fotos de família, ficam sempre bem!
ESTILO
    » A decoração deve ser, acima de tudo, um reflexo de quem habita o espaço em questão, seguida de elevados padrões de conforto. Aliás, uma sala de estar tem de ser obrigatoriamente sinónima de comodidade, se não, quem é que vai querer estar lá?!
    » Para que a sala seja a sua cara, estabeleça algumas linhas orientadoras: seja minimalista, hi-tech, rústico ou contemporâneo, pôr os olhos nalgumas revistas de decoração pode ajudá-lo a definir um estilo com o qual se identifica. Depois, é só começar a compor a sala a partir daí. Se, por outro lado, já definiu o tipo de mobília que quer ou se já a tem, estará a meio do processo, agora é só decorar, decorar, decorar!
    » Dentro do ambiente que criou na sua cabeça (ou que muito inteligentemente passou para o papel!), não tenha medo das misturas! O sofá de 3 lugares não tem de ser igual aos sofás individuais, pode perfeitamente combiná-lo com dois poufs gigantes, uma chaise-lounge ou duas poltronas – tudo em cores ou padrões condizentes. Se as peças estiverem enquadradas no estilo escolhido e/ou na palete de cores, o conjunto vão acabar por se harmonizar.
SOFÁS E OUTROS DESCANSOS
A busca do sofá perfeito tem muito que se lhe diga, não fosse este o rei da sala e sinónimo de elevado investimento! Para assegurar um sofá confortável e duradouro terá de passar a 5 testes:
    » Estrutura – esta deve ser preferencialmente de madeira (fuja dos contraplacados, plásticos e metais!), tem de ser sólida e incluir pés; pode testar a sua robustez fazendo o seguinte: ao levantar uma das esquinas da parte da frente do sofá cerca de 15 cm, a outra perna da frente também tem de se levantar, se não aconteceu, a estrutura é demasiada frágil.
    » Juntas – apenas são permitidas as de madeira ou metal, ou seja, nada de pregos, agrafos e colas.
    » Molas – são imprescindíveis e devem estar juntas e bem apertadas, se quando se sentar ouvir um pequeno estalo que seja, esqueça!
    » Enchimento – as melhores opções são a espuma de alta resistência que incorpora penas ou a espuma de poliuretano, para um maior conforto e para um sofá que não fique desfigurado em pouco tempo!
    » Têxteis resistentes – o algodão e o linho são óptimos, mas são tecidos que ficam facilmente presos a tudo e mais alguma coisa; os sintéticos e micro fibras são uma boa opção e mais resistentes às nódoas que os anteriores; as fibras naturais e sintéticas poderão parecer velhas em pouco tempo; a lã e a pele são extremamente fortes, mas também são as mais caras; a seda é lindíssima mas muito frágil.
.
O CHÃO
    » Por vezes, andamos tão preocupados com o mobiliário, as paredes e as peças decorativas que não olhamos para baixo – para o chão! Para quem adora andar descalço, existem materiais sumptuosos para mimar os seus pés e até os chinelos! Se, por outro lado, não aprecia o barulho dos tacões e não vive sem um bom tapete a seus pés, tem muito por onde escolher! 
    » Os tapetes sintéticos (polipropileno ou nylon) são económicos, bons a disfarçar a sujidade e anti-água, mas de pouca duração; os de algodão são baratos e vão à máquina de lavar, mas mancham e descoloram facilmente; para um toque ecológico opte por tapetes de sisal, juta ou bambu; os tapetes de lã são extremamente resistentes (principalmente às nódoas) e não espalmam com facilidade (basta passar o aspirador!), são os mais caros, mas também sobrevivem a décadas de pegadas!
    » Em termos de tamanho, um tapete muito grande pode “afogar” todo o aspecto da sala, enquanto um demasiado pequeno dará a impressão que “falta alguma coisa”.
    » Para um estilo mais informal, coloque a mobília metade em cima da carpete, metade em cima do chão; para atingir um look mais formal, coloque a peça completamente sobre o tapete ou completamente sobre o chão.
ILUMINAÇÃO
    » A luz, natural e artificial, é essencial para criar o efeito desejado na sala de estar, a qualquer hora do dia ou da noite.
    » Se delineou vários ambientes distintos, certifique-se que cada espaço tenha luz apropriada e suficiente. Para além de um bom candeeiro de tecto – para quando tiver a sala cheia – não dispense os candeeiros, de mesa ou de pé, que conferem ambientes mais intimistas.
    » As velas também entram neste campo porque iluminam, o ambiente e o espírito!
DECORAR COM TÊXTEIS
    » O toque de magia na sala será vesti-la com têxteis luxuosos e apetecíveis, uma combinação de cores e texturas que podem transformar a sua sala num abrir e fechar de olhos.
    » Ganhe um novo sofá, poltrona ou cadeira ao cobri-los com capas divertidas e coloridas. O mesmo aplica-se às mesas que podem ser vestidas ou despidas com toalhas diferentes, conforme a inspiração! Se não for adepto das capas, escolha um tecido e mande estofar os seus velhinhos sofás – ficará sempre mais em conta do que comprar um novo!
    » Não se esqueça das almofadas e das mantas para um apontamento extra-confortável. Objectos de puro deleite são, ainda por cima, económicos, o que quer dizer que pode renová-los frequentemente. As almofadas têm ainda outra mais-valia – tendo as bases, só tem de adquirir as fronhas para mudar o look sempre que quiser! 
    » As cortinas completam qualquer ambiente e, corridas ou abertas, criam o ambiente que quiser associar ao seu estado de espírito do momento (para não dizer que escondem vidros que estão por limpar!)
DECORAÇÃO FINAL
    » A partir de agora, o resto é consigo – dedique-se à procura e aquisição de peças únicas e pessoais para decorar a sala de estar. As combinações são inúmeras – livros, taças e jarras em vidro ou porcelana, quadros, estatuetas, peças de arte – o importante é não encher demasiado o espaço, nem fugir radicalmente ao estilo e palete de cores escolhidas inicialmente.
    » As plantas ou um cesto bonito para acolher revistas têm ainda outro papel engraçado – esconder os fios da televisão, DVD, Playstation e sistema de som.
    » Aproveite uma peça decorativa grande – um prato, uma peça em estanho ou um cesto para juntar todos os comandos que hoje são mais que muitos!
div style="text-align: justify;">
    » Acima de tudo, seja criativo e original – para um efeito surpresa, decore um recanto com um objecto invulgar que tenha trazido de uma viagem ou recicle velhos objectos, adaptando-os à nova decoração.
via: Eudecoro
PUBLICIDADE

Os Mais Vistos da Semana

Página Facebook


ASSINE A NEWSLETTER

Visualizações